O Batalhão da Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) inicia às 18 horas desta quinta-feira (05) a Operação Páscoa, que vai monitorar todas as rodovias paranaenses até a meia noite de domingo (08). O reforço no policiamento visa oferecer mais segurança aos motoristas durante o feriado prolongado.

A fiscalização vai combater, principalmente, infrações de trânsito como excesso de velocidade, abusos na ultrapassagem e embriaguez ao volante. Serão utilizados radares eletrônicos e bafômetros em pontos específicos das estradas para auxiliar no policiamento. “São as infrações mais frequentes nas rodovias e bastante perigosas”, afirma o comandante do BPRv, tenente-coronel JoãoVieira.

“Teremos policiais militares a postos em pontos estratégicos nas rodovias do Estado”, ressalta o porta-voz do BPRv, tenente Sheldon Keller Vortolin. O oficial alerta também para que os motoristas verifiquem as condições de itens do veículo como freios e faróis antes da viagem e cumpram as leis de trânsito.

LITORAL – Como o Litoral do Estado é um dos destinos preferidos da população nos feriados, o BPRv vai dar atenção especial ao policiamento nas rodovias que levam às praias. As operações devem se concentrar nas rodovias PR-410 (Graciosa), PR-412 (Guaratuba – Pontal do Sul), PR-508 (Alexandra-Matinhos) e PR-407 (Pontal do Paraná). Além dos postos, os policiais estarão presentes em pontos ao longo das rodovias.

“A polícia será rígida em relação à mistura de álcool e volante”, afirma o capitão Alexandre Dupas, comandante da 1ª Companhia do BPRv, responsável pelo litoral. A documentação obrigatória – licenciamento, IPVA e carteira de habilitação –também será exigida do motorista. Os policiais também estarão atentos a itens como uso do cinto de segurança e da cadeirinha para crianças.

A legislação prevê o uso de cadeirinhas apropriadas para cada faixa etária. A regra é que recém-nascidos e bebês de até 13 quilos ou um ano de idade devem ser acomodados no bebê-conforto, em leve inclinação e voltado para o vidro traseiro. Crianças com peso entre 9 e 18 quilos (até 4 anos de idade) devem ser colocadas na cadeirinha, no banco de trás, e voltadas para frente.

As crianças de até 36 quilos ou 10 anos, devem utilizar o assento de elevação preso ao banco traseiro com cinto de três pontos. Crianças acima de 36 quilos ou 1,45 metros de altura já podem utilizar o cinto de segurança convencional.

Fonte: Governo do estado do Paraná.

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Ilha do Mel.