Operação Independência na Ilha do Mel

Turistas e moradores da Ilha do Mel elogiaram o trabalho. Durante a operação mais de 20 embarcações foram orientadas sobre o cadastro obrigatório.

A Secretaria Municipal de Segurança, através da Guarda Marítima e Ambiental realizou nos dias 6, 7 e 8, a “Operação Independência”, com o objetivo de garantir as condições de segurança, saúde, higiene, sossego e funcionalidade dos serviços do transporte comercial aquaviário de passageiros, taxi náutico, e de fretamento náutico de cargas, cuja concessão seja de responsabilidade do município. A ação tem fundamento no artigo 30, incisos I e V, e no artigo 156, inciso III, todos da Constituição Federal.

Durante a operação mais de 20 embarcações foram orientadas sobre o cadastro obrigatório junto ao Departamento de Concessões e Permissões, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos (SEMMAS), conforme determina o Decreto 2.792, em 17 de setembro de 2012, sob pena de não atracar nos trapiches públicos localizados dentro dos limites do município de Paranaguá.

Enquanto as equipes da Guarda Marítima e Ambiental realizavam a fiscalização do serviço do Transporte Comercial Aquaviário de Passageiros, uma guarnição de inspeção da Capitania dos Portos do Paraná (CPPR) realizava a segurança de banhistas e fiscalização do tráfego aquaviário das embarcações de natureza diversas. O trabalho integrado resultou em mais segurança aos banhistas, turistas e aos moradores da Ilha do Mel. Turistas e moradores elogiaram o trabalho realizado.

O secretário municipal de Segurança, Dr. Cícero Alves Fernandes, destacou o investimento na área de segurança do transporte aquaviário local. “O prefeito Edison Kersten está investindo na segurança do serviço de transporte comercial aquaviário de passageiros. Estamos trabalhando para garantir a melhoria da vida urbana e rural, facilitando os deslocamentos dentro das hidrovias interiores do território do município de Paranaguá, fortalecendo o turismo e assegurando o acesso dos moradores às suas casas, ao trabalho, aos serviços de lazer, de maneira confortável, segura, eficiente e acessível”, destacou.

A administradora regional da Ilha do Mel, Vanusa Cristina da Silva, falou sobre o trabalho integrado e orgulho de contar com a Guarda Marítima e Ambiental. “Temos hoje orgulho de contar com a presença da Guarda Marítima e Ambiental na Ilha do Mel. Estamos trabalhando de forma integrada, visando proporcionar prestar um serviço público de qualidade. Essa é uma demonstração de respeito do prefeito Edison Kersten com os turistas e a comunidade da Ilha do Mel”, salientou.

O presidente da Associação dos Moradores das Encantadas, Aguinaldo da Silva dos Santos, elogiou o trabalho. “Nossa comunidade só tem agradecer o apoio do prefeito Edison Kersten. O trabalho vem sendo realizado pela Guarda Marítima e Ambiental é excelente”, opinou.

O secretário municipal do Meio Ambiente e serviços Urbanos, Marcelo Roque, falou sobre obrigatoriedade do cadastro municipal das embarcações que exploram o serviço de transporte comercial aquaviário de passageiros. “A equipe da Guarda Marítima e Ambiental conta com todo o nosso apoio. Estamos orientando os barqueiros sobre o cadastro obrigatório das embarcações de passageiros junto ao Departamento de Concessões e Permissões, da SEMMAS. Esse trabalho integrado com a Guarda Marítima e Ambiental irá proporcionar mais respeito, garantindo a segurança e conforto aos usuários do transporte aquaviário de passageiros”, ressaltou.

O presidente da Fundação Municipal de Turismo (Fumtur), Rafael Gutierres Júnior, esteve na Ilha do Mel e destacou a importância do trabalho na área do turismo. “Esse trabalho proporciona mais segurança à população da Ilha do Mel e fortalece o desenvolvimento do turismo em nossa cidade”, comentou.

A operação da Guarda Marítima e Ambiental contou com o apoio da SEMMAS, Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Pesca e Agricultura e da Administração Regional da Ilha do Mel.

Jornalista: Osvaldo Capetta

Prefeitura Municipal.

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Ilha do Mel.