Ilha do Mel recebeu 112 mil turistas entre outubro e fevereiro deste ano.

Comércio da Ilha comemora o movimento acima do esperado, sendo que o Ministério do Turismo calcula que cada turista gasta em média R$ 70/ dia

Este ano de 2012, a temporada de verão já terminou oficialmente em todo o litoral e a ocupação da Ilha do Mel foi extremamente superior ao ano passado segundo dados oficiais fornecidos pela administração regional da Ilha. A Ilha do Mel é administrada pelo município de Paranaguá que participa com toda a estrutura dos postos de saúde, escolas, creches, retirada de lixo entre outros serviços, utilizando-se de recursos próprios.

Os turistas que visitam a Ilha do Mel não só no verão, mais ao longo do ano movimentam a economia local e este ano comemoram um número que chegou a 112 mil somente entre os meses de outubro (2011) até o final de fevereiro deste ano. Para Suzane Albino, administradora regional da Ilha do Mel, esta temporada vai ficar na história. “Foi a melhor dos últimos cinco anos, o comércio sentiu isso e o comentário é unânime, a melhor temporada de verão dos últimos anos”. Os dados de 2011 apontam como 76 mil visitantes na Ilha do Mel no ano inteiro. “São números muito significativos e estamos muito felizes”.

Neste último sábado (10), em uma única excursão de estudantes foram 200 pessoas conhecendo a Ilha do Mel na Nova Brasília, deixando as pousadas lotadas. “Desde o começo da temporada não vi a Ilha vazia, as pousadas continuam lotadas e já estamos em março”, finalizou Suzane.

A Fundação Municipal de Turismo também comemora a grande movimentação turística desta temporada. Para Luiz Fernando Gaspari Lima, presidente da Fumtur, a orientação do Ministério do Turismo é de que cada turista gasta cerca de R$ 70 por dia e fazendo um cálculo, a temporada de verão 2012 injetou cerca de R$ 7,8 milhões. “Temos muito que comemorar e o comércio mais ainda, mesmo com muitos empregos temporários, mais todos atingiram seus objetivos”.

Segundo Lima, a prefeitura só não investe mais na Ilha do mel porque não tem recurso pra isso e porque o governo do Estado não faz repasse algum. “A ilha funciona por si só. É um ícone para todo o estado e não temos esta parceria com eles”.

Jornalista: Rafaela Cunha – Prefeitura Municipal de Paranaguá.

 

Atenção: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal Ilha do Mel.